Histórico


Impulsionado pela promoção de eventos nacionais e internacionais realizados na década de 2000, cujo foco foi Psicologia da Saúde e por discussões acerca da produção de conhecimento e necessidade de programas de pós-graduação stricto sensu na região central do estado do Rio Grande do Sul, o Departamento de Psicologia da Universidade Federal de Santa Maria construiu o Programa de Pós-graduação em Psicologia da Saúde.

A Psicologia de um modo geral vem ampliando suas áreas de estudo e atuação, fato  que tem gerado demandas pela construção de conhecimentos e especificidades para atender a essas necessidades. A Psicologia da Saúde se apresenta como uma área nova na psicologia, constituindo-se como um campo que pretende enfrentar as questões que envolvem o trabalho na área da saúde através da utilização dos conhecimentos e técnicas psicológicas direcionados aos cuidados da saúde e da doença, procurando estudar os processos que envolvem a promoção e manutenção da saúde, assim como a prevenção e o tratamento das doenças. Para tanto, utiliza várias áreas de conhecimento da psicologia, como desenvolvimento, clínica, psicologia comunitária, social entre outras. As ações desenvolvidas nos diversos campos de atuação da Psicologia da Saúde, como hospitais, um lócus privilegiado nas ações em saúde/doença, num nível terciário, passando pelas ações voltadas mais a promoção de saúde desenvolvidas em Unidades de Saúde ou mesmo em Organizações, ou ações de educação em saúde que podem ser desenvolvidas em escolas e instituições da comunidade. Esse conjunto de atuações requer que se aprofundem os conhecimentos e as técnicas que permitam um melhor atendimento a população.

A partir de sua aprovação em 2008 pela CAPES, o Programa de Pós-graduação em Psicologia (PPGP), com ênfase em Psicologia da Saúde, abriu seu primeiro processo seletivo com conceito 3. O Programa possui um sistema de ingresso anual, cuja seleção é realizada nos meses de novembro e dezembro, composta pela análise de um projeto de pesquisa, do curriculum lattes, realização de uma prova escrita e entrevista.

A primeira turma do programa foi composta por 11 alunos, sendo 4 bolsistas de agências de fomento por dois anos. Essa turma foi principalmente caracterizada por alunos que também exerciam atividades profissionais (docência e na rede de saúde) na cidade de Santa Maria. Todos discentes da primeira turma realizaram suas defesas de dissertação até o mês de março de 2011, contando com a participação de ao menos um membro externo à instituição nas bancas de qualificação e defesa de dissertação.

Em março de 2010, o PPGP recebeu uma visita de acompanhamento dos consultores de área, que realizaram uma série de observações que auxiliaram o grupo de professores a estruturar e definir uma série de diretrizes para o Programa. A visita principalmente indicou a necessidade de aumento de produção bibliográfica e o estabelecimento de critérios objetivos para credenciamento e descredenciamento docente. Assim, reformulações foram realizadas a fim de atender às solicitações dos consultores, como também foram construídas em conjunto outras ações em busca da qualificação do PPGP, como o estabelecimento de critérios de credenciamento e descredenciamento do corpo docente bem como formas para aumentar a produção docente. Outras medidas adotadas pelo grupo de professores no trabalho com os alunos, objetivando qualificar a formação ofertada aos discentes foram (1) a participação dos discentes nas reuniões do grupo de pesquisa do orientador; (2) a participação em outra pesquisa realizada pelo grupo de pesquisa do orientador, que não a desenvolvida no projeto de dissertação; e (3) a participação em projetos de extensão, que trabalham com a comunidade temas desenvolvidos nas pesquisas realizadas no PPGP. Não perdendo de vista o desafio de buscar o ensino de excelência sempre, o PPGP constrói estratégias para continuar se constituindo em uma oportunidade para muitos psicólogos e outros profissionais de áreas afins da região central do Rio Grande do Sul realizarem um curso de pós-graduação stricto senso, de nível de mestrado, e para contribuir de forma ativa na construção de conhecimento.